Uma das dúvidas mais comuns entre as pessoas que convivem com essa doença é se a diabetes tem cura. Esse questionamento ficou ainda mais intenso com a popularização de vídeos e notícias, amplamente compartilhadas nas redes sociais, sobre uma possível vacina contra diabetes tipo 1.

Apesar de o estudo para a criação de uma vacina de cura do diabetes realmente existir, ainda não existe conclusão das pesquisas e muito menos um prazo para sua comercialização. Por isso é seguro dizer que, infelizmente, essa é uma notícia falsa — ao menos por enquanto. Continue lendo para entender melhor o que diz o estudo sobre essa potencial solução para a diabetes.

 

Diabetes tem cura?

Vamos começar este texto desmistificando um boato que vem ganhando força nas redes sociais. Tanto a diabetes tipo 1 quanto a diabetes tipo 2 não possuem cura ou vacina, mas tratamento e controle. Ou seja, quem possui algum desses tipos da doença deverá aprender a conviver bem com ela.

Apesar de essa resposta ser negativa, a adoção de hábitos benéficos para a saúde, como a prática de exercícios e uma alimentação saudável, podem garantir uma vida tranquila para as pessoas com diabetes. Além disso, também é fundamental contar com o acompanhamento médico e nutricional.

 

Vacina para diabetes tipo 1

Apesar de a notícia sobre a comercialização de uma vacina para diabetes tipo 1 ser falsa, realmente existe um estudo para desenvolvimento de uma potencial cura para a doença. A responsável pelo estudo é a Dra. Denise Faustman, diretora do Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Após vinte anos de desenvolvimento o estudo finalmente foi aprovado para a segunda fase de testes pelo FDA (Food and Drug Administration), órgão americano responsável pela regulação de medicamentos e alimentos. Essa aprovação representa uma grande esperança para as pessoas com diabetes em todo mundo.

 

Mas, e como funcionaria essa vacina?

A diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, ou seja, o próprio organismo ataca as “células beta” do pâncreas, responsáveis pela produção de insulina e, com o tempo, o organismo para de produzir esse hormônio.

Por isso as aplicações de insulina são tão importantes para quem convive com essa doença, uma vez que sem ela o corpo não consegue transformar os alimentos em energia.

Nos primeiros testes realizados o tratamento não só ajudou a eliminar as células T defeituosas que erroneamente atacam e destroem as células beta produtoras de insulina do pâncreas, como também restaurou temporariamente a capacidade do pâncreas de produzir pequenas quantidades de insulina.

 

Quando a vacina estará disponível para o público?

Ainda não existe um prazo para que o medicamento esteja disponível para o público, principalmente no Brasil. Após a aprovação dos testes ainda é preciso comprovar a eficiência do método, conseguir todas as aprovações internacionais e, por fim, um laboratório que assuma o projeto comercial.

Justamente por isso é muito importante que você ajude a compartilhar as informações corretas para acabar de vez com esse boato! Envie este artigo para seus amigos e compartilhe nas redes sociais!

 

Apesar de a diabetes ainda não ter cura é plenamente possível conviver bem com a doença. Assine nossa newsletter e receba dicas valiosas para melhorar sua qualidade de vida, independentemente se você convive com a diabetes tipo 1, diabetes tipo 2!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>