Diabetes mellitus é uma doença que se caracteriza pelo aumento anormal de glicose no sangue, cujo termo técnico é hiperglicemia. Existem diversos motivos que podem levar uma pessoa a desenvolver os sintomas de diabetes. A maioria dos casos está diretamente ligada à diabetes tipo 1 e à diabetes tipo 2.

Existem, ainda, outros tipos de diabetes, todos mais raros, que podem ser causados por uma série de fatores, como genéticos a doenças no pâncreas. Continue lendo para entender mais sobre a diabetes mellitus e seus sintomas!

 

O que é diabetes mellitus?

A diabetes mellitus, comumente chamada apenas de diabetes, faz referência a um grupo de distúrbios metabólicos onde os pacientes apresentam altos níveis de açúcar (hiperglicemia) no sangue durante um período prolongado. Ela pode ocorrer devido a problemas na secreção ou ação da insulina, hormônio produzido pelo pâncreas e responsável pelo transporte de glicose (açúcar) para ser absorvido pelas células.

Os principais sintomas de diabetes incluem principalmente idas frequentes ao banheiro, sede intensa e perda de peso sem motivo aparente, mesmo com o apetite aumentado. As complicações graves a longo prazo podem incluir doenças cardiovasculares, acidentes vasculares cerebrais, doença renal crônica, úlceras nos pés e até problemas sérios de visão.

 

A diabetes tipo 1

A diabetes tipo 1 é uma doença autoimune onde o próprio organismo destrói as células responsáveis por produzir e liberar a insulina, que por sua vez regula os níveis de glicose no sangue. Sem essa regulação natural, os níveis de glicose aumentam, gerando o que chamamos de hiperglicemia.

Apesar de poder manifestar-se em qualquer fase da vida, essa doença é mais comum em jovens adultos e crianças. Detectar a doença é um processo relativamente simples, realizado por meio de um exame de sangue comum.

 

A diabetes tipo 2

De acordo com a Sociedade Brasileira de diabetes, cerca de 90% dos pacientes com diabetes apresentam o tipo 2 da doença. Ao contrário do primeiro tipo, nesse caso existem fatores como a herança genética e, além disso, há uma relação direta com a alimentação e o excesso de peso, principalmente em pessoas acima dos 50 anos.

Apesar disso, a diabetes tipo 2 é cada vez mais comum em crianças e adolescentes que apresentam um quadro de excesso de consumo de gorduras e carboidratos, aliado à falta de exercícios físicos. Quem possui essa doença pode tanto ter uma produção insuficiente de insulina, quanto uma resistência na ação desse hormônio, contribuindo para o quadro de hiperglicemia.

 

Outros tipos de diabetes

Existem, ainda, outros tipos de diabetes, como a diabetes gestacional. Cada uma apresenta suas características próprias, condições específicas e, assim como os outros tipos da doença, necessitam de um acompanhamento constante por parte do paciente.

 

No portal Viver Bem com Diabetes você encontra mais informações sobre diabetes e como controlá-la. Assine nossa newsletter para ficar em dia com todas as novidades!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>