De maneira resumida, o diabetes é caracterizado pela baixa produção de insulina pelo corpo. Isso afeta diretamente os níveis de açúcar no sangue, que devem ser controlados por meio da utilização de aparelhos de glicemia, ou glicosímetros.

Para entender melhor a relação do açúcar com o diabetes é preciso compreender como essa doença atua no organismo e, também, como está vinculada aos alimentos. Continue lendo e lembre-se de assinar nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail. Vamos lá!

 

O papel do açúcar em nosso organismo

Antes de tudo é preciso entender como o açúcar age em um organismo que produz insulina normalmente. Quando ingerimos alimentos, nosso corpo realiza a quebra dos componentes para utilizá-los na produção de energia, absorção de água e outras atividades vitais para nossa saúde.

A maior parte dessa absorção acontece no estômago e intestino, quando o açúcar é transformado em glicose e transportado pela insulina (produzida no pâncreas) para dentro das células. Por fim, essas células carregam a energia pelo corpo, “alimentando” músculos, tecidos e órgãos.

 

E no caso das pessoas com diabetes?

Quando o corpo não consegue produzir a insulina por conta própria, independentemente do motivo, há um acúmulo de glicose no sangue. Além disso, as células não conseguem absorver essa substância e o corpo acaba não produzindo energia nos tecidos e músculos.

Esse cenário, caso não seja controlado, pode causar diversas complicações. As primeiras são os sintomas clássicos da doença, como visão turva, cansaço, excesso de vontade de urinar e confusão mental. Se ainda assim não houver controle é possível que haja consequências ainda mais graves.

 

A importância do controle de glicemia

Para que você possa conviver bem com o diabetes é preciso manter um controle dos níveis de glicose no sangue, seja por meio de testes laboratoriais ou da utilização de glicosímetros. É o médico quem dirá qual a frequência dos testes, mas cabe a você manter uma boa alimentação e hábitos saudáveis.

Quando associada ao controle glicêmico, a alimentação é capaz de ajudar no equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue, evitando os sintomas da doença e possibilitando que você viva bem com o diabetes. Felizmente já existe todo um mercado de alimentos voltado para pessoas com diabetes.

 

Os alimentos para diabéticos

Você possivelmente já viu no supermercado uma grande oferta de alimentos para diabéticos. Com mais de 14 milhões de pessoas com essa doença no Brasil, a alimentação com base em dietéticos e comidas sem açúcar tornou-se um grande mercado, uma vez que esses alimentos são importantes aliados para quem deseja viver bem com o diabetes.

Apesar, desses alimentos possuírem menos açúcar quando comparados à versão tradicional ou zero adição de açúcar, não são produtos de consumo livre. Isso porque, além de possivelmente terem a mesma quantidade de carboidratos, também podem ter altos índices de outros ingredientes, como gordura e sódio.

É totalmente possível desfrutar de chocolates e outras guloseimas, mas fique atento à quantidade indicada pelo nutricionista. Lembre-se que é fundamental ter o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar para conseguir viver bem com diabetes!

 

Quer entender melhor a relação do diabetes com a alimentação? Então baixe agora nosso e-book e entenda tudo sobre diabetes!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>